Tomossíntese Mamária

Tomossíntese Mamária Edição 1

Autor(es): By Liane E Philpotts, MD, FACR
ISBN: 9788535284515
Data de publicação : Apr 9, 2018
Nº de páginas: 264
Preço de varejo sugerido:
  • BRL: R$239,25
  • Descrição
  • Sobre o autor(es)
  • SUMÁRIO
Descrição

Também conhecida como mamografia 3D, a tomossíntese mamária foi desenvolvida com a finalidade de mitigar os efeitos da sobreposição de tecido mamário denso na mamografia convencional 2D. Diversos estudos têm demonstrado que seu uso está associado a um aumento de até 40% na taxa de detecção do câncer de mama e a uma redução significativa nas taxas de reconvocação e na necessidade de incidências mamografias complementares.

Atualmente, a tomossíntese em adição à mamografia convencional, e não como substituta. As finas imagens seccionais/tomográficas de baixa dose da tomossíntese são obtidas imediatamente após a realização de cada incidência mamográfica 2D, durante a mesma compressão, e com duração de poucos segundos.

O uso da tomossíntese na imaginologia mamária está crescendo rapidamente devido à sua capacidade superior de identificar e caracterizar achados normais, lesões benignas e câncer de mama, bem como seu ótimo desempenho com tecido mamário denso.

A tomossíntese está potencialmente indicada para o rastreamento do câncer de mama em mulheres com ou sem alto risco para a doença, seguindo o que já se preconiza para a mamografia 2D, ou como método diagnóstico nas mulheres com sintomas clínicos, achados palpatórios ou dúvidas encontradas no exame convencional. Nas pacientes de alto risco, contudo, o novo exame não substitui a ressonância magnética quando houver indicação desta.

Proporcionando uma cobertura sem precedentes desta modalidade inovadora de imagiologia mamária, explica como esta nova modalidade pode levar a interpretação melhorada e melhores resultados do paciente.

Guia indispensável para manter-se atualizado sobre os últimos desenvolvimentos com conclusões correlatas, dicas de interpretação prática, física e informações sobre como a tomossíntese e o que ela difere da mamografia 2D convencional.

Inclui mais de 900 imagens tomossíntese de alta qualidade e imagens de mamografia que representam o espectro de imagens de mama.

Possui os mais recentes padrões de relatórios e sistemas de dados de geração de imagens de mama (ou BI-RADS) atualizados em fevereiro de 2014.

Possui quadros de dicas e armadilhas para orientação clínica especializada.

Uma seção separada de Estudos de Casos na qual inclui imagens de mamografia e mais de 90 vídeos de tomossíntese referenciados online, permitindo que os usuários vejam achados lado a lado, incluindo lesões normais benignas e malignas, e faça comparações usando ambas as modalidades para o mesmo caso de paciente.

Vantagens da Tomossintese:

  • Diminuição de erros; Menos biopsias; Aumento da detecção de neoplasia - resolve os problemas de sobreposição de tecido que são a maior fonte de erros e exames adicionais de mamografia; Redução de dose; Localização da lesão - o corte determina a localização exata com uma coordenada 3D no interior da mama, permitindo que os métodos de amostras de biopsia podem ser executados usando as coordenada geradas pelo aparelho;
  • Rápido tempo de revisão; Redução da pressão da compressão - a compressão tem a finalidade de diminuir os tecidos sobreposto e por isso com esta técnica não é necessária elevada compressão.

Características

•Guia indispensável para manter-se atualizado sobre os últimos desenvolvimentos com conclusões correlatas, dicas de interpretação prática, física e informações sobre como a tomossíntese e o que ela difere da mamografia 2D convencional
•Possui os mais recentes padrões de relatórios e sistemas de dados de geração de imagens de mama (ou BI-RADS) atualizados em fevereiro de 2014.
•Inclui mais de 900 imagens tomossíntese de alta qualidade e imagens de mamografia que representam o espectro de imagens de mama.
•Uma seção separada de Estudos de Casos na qual inclui imagens de mamografia e mais de 90 vídeos de tomossíntese referenciados online, permitindo que os usuários vejam achados lado a lado, incluindo lesões normais benignas e malignas, para fazer comparações usando ambas as modalidades para o mesmo caso de paciente
Sobre o autor(es)
By Liane E Philpotts, MD, FACR, Professor. Chief of Breast Imaging, Department of Radiology and Biomedical Imaging, Yale University School of Medicine, New Haven, Connecticut
SUMÁRIO
1 Introdução, 1
Liane E. Philpotts | Regina J. Hooley
2 Física e Desenvolvimento da Tomossíntese da Mama, 5
Loren Niklason
3 A Perspectiva do Tecnólogo, 9
Regina J. Hooley | Amanda Albarella | Liane E. Philpotts
4 Implementação da Tomossíntese Digital da Mama na Prática Clínica, 18
Stamatia Destounis | Andrea Arieno | Renee Morgan | Liane E. Philpotts
5 Tomossíntese na Mamografi a de Rastreamento, 26
Melissa Durand | Liane E. Philpotts
6 Tomossíntese na Mamografi a Diagnóstica, 39
Reni Butler | Regina J. Hooley
7 Dicas e Armadilhas na Interpretação de Tomossíntese, 56
Liane E. Philpotts | Regina J. Hooley
8 Achados Benignos, 74
Laura Sheiman | Liane E. Philpotts
9 Achados Malignos, 88
Paul H. Levesque | Regina J. Hooley
10 Distorção Arquitetural, 100
Madhavi Raghu | Regina J. Hooley
11 Integração da Tomossíntese com Imagem Multimodal, 115
Liva Andrejeva | Jaime Geisel | Liane E. Philpotts
12 A Mama Pós-operatória, 133
Laura J. Horvath | Liane E. Philpotts
13 Tomossíntese na Mama Masculina, 152
Liane E. Philpotts
14 Procedimentos Intervencionistas, 167
Margarita Zuley | Ernestine Thomas | Jules H. Sumkin | Reni Butler
Vídeos de Estudos de Casos, 181
Referências, 243
Índice, 247